sexta-feira, 15 de maio de 2009



Felicidade

No romper da aurora,
Nessa manhã garbosa dourada pelos raios do sol .
Na gota de orvalho que cai da pétala de uma rosa.
No canto da passarada que alegre anuncia o dia.
Penso ouvir ao longe uma linda melodia
Que adormece a tristeza...
Trazendo ao meu peito uma sensação de alegria.
E nesse torpor encho de suavidade os meus dias.
E assim vou vivendo nessa fantasia.
Descobrindo beleza onde antes não via.
Encontrando a felicidade onde pensei, não existia.
Podendo ter a certeza de que ser feliz é renascer a cada novo dia.

(Inezinha Resende)

Um comentário:

Meméia disse...

A Felicidade Plena não é o outro quem me dá! Parabéns Poeta do amor! Bjs