domingo, 9 de maio de 2010

FALTOU CORAGEM



Faltou coragem

Faltou coragem de chutar o pau da barraca
Perder a compostura .. .te ofender com um grande palavrão
Dizer que é crime cativar um sorriso
E depois fazer chorar a um coração!

Faltou coragem de dizer-te que “sou mais eu”
Xingar-te ... xingar-te até a exaustão
Dizer que nunca vais encontrar ninguém melhor que eu...
Escandalizar-te... esquecer a educação!

Faltou coragem para em vez de um até breve ,dizer-te ,nunca mais!
Gritar verdades sem moderação
Bater a porta ... lavar a alma...
Seguir firme, em outra direção!

(Inezinha Resende

6 comentários:

Emy disse...

mãe é mãe em qualquer lugar, momento..Mas essa poesia me fez imaginar SUA mãe..com respeito, ternura!
com certeza ela merece
bjos pra ela e pra ti

Anônimo disse...

Tenha coragem!!!


O amor é isso, o amor aquilo outro
E o casamento aqui, ali, acolá
Impõem-nos desde a escola
A não viver por si, mas noutro.

O amor pairando vagamente no ar
Tem que estar sempre dentro de nós
Se não, filho: - quem irá olhar por vós?!
- Tendes que ceder, tendes que entregar!

Sei, entendo e vejo tudo o que é dito.
O amor isso, casamento aquilo; eis a trama!
Mas, eu desafio: diga-me onde está escrito
Que devemos viver com quem não se ama?

Anônimo disse...

nossa! to vivendo isso...

Emiliana Dias disse...

Prazer em te ler, amei esse poema. Simples e delicado, breve, mas dá conta do recado. Tenho um blog em construção, passei a seguir-te! Parabéns!

Nyce Pinto. disse...

Adoreiiiii, mas que bom quando temos coragem de dizer "vai" sou mais eu" Parabéns pelo Blog, lindo! Voltarei!

Renato disse...

queria ter essa coragem, to vivendo isso, mas não tive coragem...nem sei se vou ter...